Não só informação, opinião!

Estamos nas oitavas, que venha o Chile!

 

008281

Prepare-se! Chegou a hora, que venha o Chile! O Brasil fez a lição de casa, goleou por 4 x 1 a seleção de Camarões e ficou em primeiro lugar no grupo A. A partida aconteceu na última segunda-feira (23/06/14) no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). O nosso próximo adversário, nas oitvadas de final da Copa do Mundo, será o Chile, que ficou em 2º lugar do grupo B.
Neymar é o destaque

Neymar é o destaque da partida com dois gols. Ele foi eleito pela Fifa como o melhor jogador em Campo

Mais uma vez os brasileiros se reuniram em frente à TV para asisitir ao jogo final da fase grupos da Copa do Mundo. Não faltaram momentos de tensão e nervosismo a cada lance periogoso, a cada passe errado, a cada chance de gol do adversário.

O Brasil começou pressionando Camarões, mas isso durou cerca de 10 minutos. Antes do gol de Neymar, aos 16 min., após linda jogada de Luiz Gustavo pela esquerda, Camarões chegou a ter chances, dado o nervosismo da seleção brasileira. Nem o gol “sarou” esse problema, e os africanos aproveitaram para empatar aos 26 min. com Matip, sozinho na área, só tocando para o gol nas costas de Thiago Silva e David Luiz.

Neymar, então, partiu para jogadas individuais. E foi numa delas que ele não só marcou o segundo, deslocando o goleiro Itandje, como acabou com o medo do time de tomar a virada e ver a vaga em risco. No segundo tempo, com Fernandinho ajudando Luiz Gustavo no meio, o Brasil se soltou. Fred aproveitou e, de cabeça, marcou, após cruzamento de David Luiz, logo aos 4 min. Como Camarões, já eliminado, jogava sem responsabilidade, o Brasil pôde arriscar até tirar Neymar, que se levasse amarelo estaria suspenso. Foi a hora de Fernandinho brilhar. O volante avançou, aproveitou erro da zaga camaronesa e tabelou com Fred. De bico, fez o quarto, fechando o placar. Brasil líder. No saldo de gols, mas líder.

Luiz….. Luiz Gustavo! Esse é o nome dele! Nossa região está orgulhosa em ter um conterrâneo na família de Felipão. É ele, Luiz Gustavo – nascido e criado em Pindamonhangaba. O passe para o primeiro gol do Brasil nesta segunda resume: foi ele quem deu o bote no camaronês que tentava sair jogando; foi ele que avançou com habilidade pela esquerda; e foi ele que levantou a cabeça, viu Neymar sozinho e cruzou de forma precisa.

Post construído com trechos e conteúdos do site UOL (originalmente aqui).

Desenvolvido por Ative Comunicação Estratégica